COMITÊ CIENTÍFICO

Prof. Dra. Silvina Inês Merenson - Argentina

Es Magister en Antropología Social por el Instituto de Desarrollo Económico y Social (IDES) y el Instituto de Altos Estudios Sociales (IDAES) de la Universidad Nacional de San Martín (UNSAM) y Doctora en Ciencias Sociales por el IDES/Universidad Nacional de Gral. Sarmiento. Realizó su posdoctorado en el Departamento de Antropología Social de la Universidad Autónoma Metropolitana-Unidad Iztapalapa, en México. Es Investigadora del CONICET y profesora ordinaria del IDAES/UNSAM. Ha publicado numerosos artículos en revistas nacionales y extranjeras sobre cultura política, ciudadanía y prácticas políticas transnacionales, procesos de legitimación de las desigualdades sociales e historia y memorias del pasado reciente en Argentina y Uruguay. Entre sus libros recientes se cuentan: “Antropología Ahora. Debates sobre la alteridad” (Siglo XXI, 2011), compilado junto con Alejandro Grimson y Gabriel Noel; “Hasta el silencio en tus labios. Memorias de las ex presas políticas del Penal de Villa Devoto en el transcurso de la última dictadura militar en la Argentina” (Ediciones Al Margen, 2014) y “Los peludos. Cultura, política y nación en los márgenes del Uruguay” (Gorla, 2016).

Dra. Jaqueline Carvalho Quadrado – Brasil

Doutora em Sociologia UNB (2014). Mestre em Serviço Social PUC/RS (2001). Bacharel em Serviço Social UCPel (1998). Professora Adjunta III da Universidade Federal do Pampa, campus São Borja. Pesquisadora e vice-líder do Grupo de Pesquisa em Gênero, Ética, Educação e Política. Coordenadora do Programa de Extensão Mulheres sem Fronteiras e do projeto de pesquisa Fronteiras das Relações de Gênero no ambiente escolar. Atual principalmente nos seguintes temas: gênero, feminismos, sexualidade, políticas para mulheres, violência, saúde pública, sistema de segurança e prisional.

Dra. Lisianne Sabreda Ceolin – Brasil

Doutora em Direito pela PUCRS, na área de concentração Fundamentos Constitucionais do Direito Público e do Direito Privado. Mestrado em Direito pela Universidade de Caxias do Sul (2006). Graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2001). Atuou como docente na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, campus Uruguaiana (2003-2009). Atualmente, é professora adjunta da Universidade Federal do Pampa – UNIPAMPA, campus São Borja, atuando nos cursos de Ciências Sociais – Ciência Política e Ciências Humanas – Licenciatura, bem no Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas (docente permanente), no qual exercer Coordenação Substituta.

Dra. Jenny González Muñoz – Venezuela

Pós doutoranda (PNPD-CAPES) em História de Passo Fundo. Doutora em Cultura e Arte para América Latina e do Caribe, pela Universidade Pedagógica Experimental Libertador, Caracas, com destaques para os povos indígenas, a religiosidade, política pública do multiculturalismo, o patrimônio cultural. Mestra em Memória Social e Patrimônio Cultural, pela Universidade Federal de Pelotas – Rio Grande do Sul – Brasil, com bolsa em demanda social concedida pela Capes. Diploma de Formação para não professores, pela Universidade Pedagógica Experimental Libertador. Licenciada em Artes pela Universidade Central da Venezuela, com ênfase em cerimônias indígenas. Seus interesses de pesquisa são: seguridade dos bens culturais, políticas públicas nas expressões sócio-culturais, tratados religiosos, os povos indígenas de Abya Yala, cultura camponesas americanas, registro e documentação do patrim^nio cultural, literatura e cultura em processos memoriais.

Dra. Carmen Lúcia Silva Lima - Brasil

Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Ceará. Mestre e doutora em Antropologia pela Universidade Federal do Pernambuco. Professora Associado I do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Piauí. Professora do Programa de Pós-graduação em Antropologia da UFPI. Líder do Grupo de Pesquisas sobre Identidades Coletivas, Conhecimentos Tradicionais e Processos de Territorialização da UFPI e membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Étnicas (GEPE) da UFC, do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Etnicidade (NEPE) da UFPE e Professora Associada do Núcleo Histórico Socioambiental (NUHSA) da UFRR. Pesquisadora do Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia (PNCSA). Realiza pesquisa entre populações indígenas, povos e comunidades tradicionais. Área de interesse: etnicidade, relações interétnicas, etnologia indígena, territorialização e conhecimentos tradicionais.

Dra. Rita de Cássia Grecco dos Santos - Brasil

Socióloga e Pedagoga, é Professora Associada no Instituto de Educação da Universidade Federal do Rio Grande - IE/FURG e Professora no Programa de Pós-Graduação em História - PPGH-ICHI/FURG, na Linha de Pesquisa Pesquisa e Vivências de Ensino-aprendizagem. Doutora em Educação - Filosofia e História da Educação pela UFPEL (2012), Mestre em Educação - História da Educação e Movimentos Sociais pela UFPEL (2002), Especialista em Formação para o Magistério - Administração e Supervisão Escolar pela Faculdades Integradas de Amparo - FIA (2000), Especialista em Sociologia e Política pela UFPEL (1999), Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais pela UFPEL (1997 e 2000) e Licenciada em Pedagogia pelo UNICESUMAR (2020). Atua como docente nas modalidades presencial e a distância, na Pós-Graduação Stricto Sensu, nas Licenciaturas em Pedagogia e Geografia e na Especialização em Ensino de Sociologia no Ensino Médio; tendo sido docente e gestora na Educação Básica (Ensino Fundamental e Médio), e docente na Educação Profissional de níveis Técnico e Tecnológico. Coordena o Curso de Pedagogia a Distância do Sistema Universidade Aberta do Brasil na FURG, é membro da Comissão Própria de Avaliação - CPA / FURG e é membro Presidente da Comissão Permanente de Pessoal Docente - CPPD / FURG. É integrante dos Grupos de Pesquisa EDUCAMEMÓRIA Educação e Memória da FURG e Pesquisa, Ensino e Formação Docente nas Artes Visuais da UFPEL. É membro da Rede de Investigação Ação Participativa e Educação Popular em Universidades Públicas/RIAPEP. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em História da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, história da educação, educação superior, memória, didática e educação a distância.

Dr. Emiliano Carretero Morales - Espanha

DIRECTOR EJECUTIVO PROGRAMA DE MEDIACIÓN INTRAJUDICIAL en UNIVERSIDAD CARLOS III DE MADRID.

Dra. Dália Maria de Sousa Gonçalves da Costa - Portugal

Universidade de Lisboa, Portugal  - Doutoramento em Sociologia, na especialidade de Sociologia da Família – grau conferido pela Universidade Aberta, com uma tese sobre A Intervenção em parceria em situações de violência conjugal contra as mulheres. Mestrado em Sociologia – grau conferido pelo ISCSP, com uma dissertação sobre a Percepção Social de Mulher Vitima de Violência Conjugal. Licenciatura em, Política Social – grau conferido pelo ISCSP. Professora Auxiliar. Leciona nas áreas de Política Social, Serviço Social e Sociologia, designadamente Criminologia e Reinserção Social, Sociologia do Desvio, Politica Social Comparada.